Pingtest.net: teste a qualidade de sua conexão à internet

Pingtest.net (clique para acessar) é um serviço “primo”, digamos assim, do Speedtest.net, e serve para, trocando em miúdos, ajudar você a determinar a qualidade de sua conexão à internet. O Pingtest.net pode ser utilizado perfeitamente em conjunto com o Speedtest.net, e assim, você terá em mãos um conjunto muito bacana para determinar não somente a velocidade de sua conexão, mas também a qualidade da mesma.

O serviço executa um teste de “ping” turbinado, digamos. Ele determina sempre quais os servidores mais próximos à sua localização e, então, dispara mais de 200 pacotes de dados em direção ao mesmo. Ele dispara os pacotes e também verifica quantos foram recebidos de volta. Vale lembrar que o “ping” utiliza o protocolo ICMP (Internet Control Message Protocol), e determina se determinado servidor está acessível ou não, bem como o tempo que leva para que o mesmo seja alcançado à partir de onde você se encontra. Ao “pingar” um domínio ou IP, você fará com que seu computador envie pacotes de dados e tente recebê-los de volta, resumindo.

Você pode, é claro, usar o “ping” através do próprio prompt de comando de seu Windows, mas o Pingtest.net fornece resultados de forma mais bonita e explicativa, além de ser bem mais fácil de se utilizar. É possível acompanhar o teste em tempo real, e através de um belo gráfico, o qual é atualizado também em tempo real. O envio e o recebimento dos pacotes também pode ser observado continuamente, e ao final, o Pingtest.net apresenta o resultado de forma muito bacana.

Você recebe uma nota para a qualidade de sua conexão, pode conferir quantos pacotes de dados foram perdidos (caso tenha ocorrido perda de pacotes), a variação de tempo entre as sucessivas transmissões de dados, etc. Digamos que um ping baixo é sempre melhor. O último teste que realizei no Pingtest.net me forneceu um resultado de 32 milisegundos, “pingando” um servidor localizado em Uberlância. Pings baixos são excelentes caso você queira, por exemplo, ouvir música pela internet, assistir filmes e jogar jogos online. Servidores distantes certamente resultarão em pings maiores, o que pode provocar “lags” no caso de jogos online, por exemplo. Obviamente nem sempre você conseguirá pings baixos, principalmente ao jogar games cujos servidores estejam hospedados em outros países.

A distância geográfica importa bastante no momento de jogar uma partida multiplayer de Modern Warfare 3, por exemplo, e é também devido a este “problema” que serviços como o OnLive, por exemplo, ainda são inviáveis em diversas partes do mundo, como no Brasil, por exemplo. Mas, mesmo assim, não deixe de utilizar o Pingtest.net e o Speedtest.net, dois ótimos serviços que, além de tudo, são totalmente gratuitos.

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *